c1

A prática da terceirização já é antiga nas grandes economias mundiais, entretanto, apesar de ter surgido no Brasil no final da década de 50, com as montadoras de automóveis, a terceirização tomou impulso no país a partir da década de 80.

A necessidade de criar e sustentar vantagens competitivas tem proporcionado o surgimento de novos negócios com o intuito de reduzir custos e tornar os produtos e serviços mais competitivos. Nesse contexto surgiu a terceirização, que ganha destaque e se solidifica como uma das atividades mais eficientes na racionalização de recursos humanos.

Essa nova modalidade de buscar fora tudo aquilo que não é essencial e estratégico para a atividade-fim das empresas.

Hoje muitos departamentos deixaram de existir nas empresas sem afetar sua produtividade e melhorando sua eficiência.

Segundo Mauro Terepins, da empresa Terco Grant Thornton, empresa de auditoria o departamento contábil dentro de uma empresa só se justifica se seu faturamento for superior a R$ 50 milhões. Abaixo deste patamar é mais viável a contratação de serviços contábeis. E quanto menor o tamanho da empresa, maior é a vantagem afirma Mauro Terepins uma das maiores empresas de consultoria.

 

Esta é a conclusão que especialistas em auditoria chegaram ao analisar o excesso de tarefas burocráticas, as mudanças constantes de regras e os gastos elevados com profissionais, fatores mais que suficientes para que as pequenas e empresas optem pela terceirização dos serviços de contabilidade.

Além da vantagem econômica, hoje em dia os escritórios especializados têm conhecimento sedimentado sobre as normas contábeis, pois devem acompanhar cada detalhe da legislação para poder atender clientes de diversos segmentos. Por exemplo “A lei 11.638, de 2007, promoveu muitas mudanças na contabilidade, o que demanda aperfeiçoamento profissional. Além disso, há todas as regras de implementação do Sped Contábil e do Sped Fiscal, que aumentam a responsabilidade e exige conhecimento do contabilista”.

Isso sem contar a adaptação da Legislação Societária às normas internacionais de contabilidade (IFRS – International Financial Reporting Standard). Ao contrário o custo de atualização em cursos do profissional fica a cargo da empresa, onerando a folha de pagamento.

As precauções

Mas terceirizar exige bastante cuidado na contratação e na seleção do prestador de serviços, pois as possíveis vantagens que se pode obter com a substituição de uma estrutura não devem ser focadas somente nos custos, e sim, no resultado de melhorias de qualidade e precisão dos dados empresariais.

A TARSO CONTABILIDADE está preparada para fazer sua contabilidade, bem como sua Folha de Pagamento. Gerenciando ainda às demandas de obrigações fiscais e tributárias.

 

Economia e vantagens da terceirização contábil

- Fiscalização – fora da empresa. Não há desgaste com os diretores.

- Economia de não precisar manter atualizado os profissionais com cursos, assinaturas de periódicos e assinaturas de consultorias afins; aquisição de livros, cursos etc.

- Economia de investimento em equipamentos, móveis e utensílios, computadores e assinaturas de sistema contábil e afins;

- Redução zero das questões trabalhistas;

- Encargos sociais. Para este tópico segue anexo trabalho mostrando que os encargos trabalhistas são o grande vilão dos empresários, chegando ao absurdo de 125,90% de aumento sobre a folha de pagamento.

Hoje 2

Ontem 10

Esta Semana 32

Este mês 128

Sempre 15854

Kubik-Rubik Joomla! Extensions

Flag Counter